domingo, junho 12, 2011

.amor antigo.


Pensei em tantas maneiras pra te dizer a mesma coisa. Te falar o tempo todo sobre isso aqui que eu sinto.
Que as vezes me pego sorrindo assim, falando assim, agindo assim cheia de clichês só por pensar em você.
E construir as coisas ao teu lado é tão mais fácil.
Carregar o mundo com você é mais leve.
Pensar em nós dois (agora três) é tão doce...
São tantas as coisas que você me ensina paciente,
tantas coisas que te ensino com amor.
Se a vida era menos que isso antes eu nem lembro, pois foi assim que você chegou que comecei a ser.
Te ver chegar é sempre a melhor parte do dia. Ganhar um beijo e um te amo de manhã também. E o espaço entre isso é uma gostosa espera.
Esperei tanto por você.
Acho que já esperava mesmo antes de saber que era você de fato.
Mas eu sempre te amei, sem dúvidas.
E eu já amava até antes de te encontrar.
Era você.
Hoje somos mais que nós, contando nos dedos pra encontrar a alma a quem nós dois demos vida. Nosso filho. Meu e teu, só nosso.
Quem diria, hein?
O acaso nos empurrou na direção contrária, rumo um ao outro.
E assim ficamos. E assim nos amamos desde o começo.
E assim quero estar, entre os teus braços, pois ali é o meu lugar no mundo.
Nossa casa, nossa vida, tudo tão meu e teu que é nosso.
Sempre foi você aquele alguém.
Ainda é.
Todos os dias é você.
E a gente é quem faz isso ser, mais ninguém.
Sentir isso por você é o significado mais profundo de entregar amor.
Nós somos uma família.
Você é a minha volta pra casa
Você é minha música lenta
Você é o calor nos meus pés
Você é a cama quentinha
Você é o livro que eu sempre quero ler
Você é. Só você.


2 comentários:

G-Lerm disse...

Te amooooooooo <3 <3 <3

Shell disse...

Sério. Chorei!