quinta-feira, outubro 09, 2008

[Idas e vindas da vida da Bic]

Outubro não vai ser um mês fácil de atravessar.
Alguns dos meus melhores amigos estão partindo para o outro lado do mundo.
Despedidas nunca são fáceis, sei bem disso.
E cada um deles, com sua particularidade, vai fazer falta de alguma maneira na minha vida.
Eu já enfrentei tantas idas e vindas, já me despedi de tantos amigos, tantos amores. Mas ainda não aprendi a dizer adeus de uma maneira menos dolorida.
Em breve serei eu a ir, deixar as coisas aqui esperando que ainda sejam boas quando eu voltar. Mas hoje sou eu que fico no corredor de embarque com lágrimas nos olhos outra vez.
Eu fujo da maioria dessas despedidas, não por amar menos, mas é mais fácil não ver o partir destas pessoas tão queridas...
O mundo é grande demais quando as melhores pessoas dele estão do outro lado.
Não escrevo isso chorando, mas sei que em algum momento eu vou tentar ligar e vou lembrar que um prefixo de outro país me separa dessas pessoas.
Quero que essa despedida seja como um breve "até logo", cheio de lembranças boas e risadas, pois sei que o ônus de crescer é deixar algumas das melhores fases das nossas vidas, em busca de algo maior e, às vezes, assustador.
Deixo aqui o meu carinho por todos os que vão atrás dos sonhos e das saudades, que são o preço deles.
Um dia, caros amigos, nos encontramos em algum lugar deste planeta. Mas no coração nos veremos todos os dias...
Um beijo especial aos viajantes Nono, Marcel e Hellen. Amo muito vocês, com toda a sinceridade que há em mim. Até breve...

"Encontros e Despedidas (Maria Rita)

Mande notícias do mundo de lá

Diz quem fica

Me dê um abraço, venha me apertar

Tô chegando

Coisa que gosto é poder partir

Sem ter planos

Melhor ainda é poder voltar

Quando quero

Todos os dias é um vai-e-vem

A vida se repete na estação
Tem gente que chega pra ficar

Tem gente que vai pra nunca mais

Tem gente que vem e quer voltar

Tem gente que vai e quer ficar

Tem gente que veio só olhar

Tem gente a sorrir e a chorar

E assim, chegar e partir

São só dois lados

Da mesma viagem

O trem que chega

É o mesmo trem da partida

A hora do encontro

É também despedida

A plataforma dessa estação

É a vida desse meu lugar
É a vida desse meu lugar

É a vida..."

4 comentários:

loira azeda disse...

"O mundo é grande demais quando as melhores pessoas dele estão do outro lado." Isso foi muito bom...
Te quero muito bem, sempre!
Até logo

Café com leite disse...

Isso pq não estamos mais na pangéia...hahaha
Vc é uma peça da bordinha do meu quebra-cabeça.
Te amo
(L)
Nonoca

Camila disse...

que chata essa hellen!

carol~ disse...

inventaram você, isso sim! :*