terça-feira, fevereiro 27, 2007

Can't buy me love! (mion's reply)

Pois não, bic.

Então. Eu tinha um monte de idéias prontas pra escrever aqui, mas deixei todas de lado pra escrever o possivelmente cabível.

Não acredito na comparação de "pessoas/produtos", acho isso uma falta de respeito com toda a gama de sentimentos BONS E RUINS que nos separam do que (eu no caso publicitário um dia) nos tentam vender por estantes de produtos. É por isso mesmo que dói tanto, é por isso que a gente vive escrevendo disso, é exatamente por essa razão que a gente não desencana - diz que não quer mais, só que olha pra fora e torce pra que a situação mude assim como o passar de uma nuvem - por nada nesse mundo. Todomundo tem pelo menos um riscado de avariado sentimentalmente, mas nem todomundo liga pra isso. Isso é fato.

Ninguém criou um manual de como viver por aqui.
E viver como num "Big Brother", tratando os outros como num 'jogo' besta só reforça a teoria alheia de que machucar os outros é melhor que se machucar, e assim a situação nunca muda pra ninguém.

É verdade que é mais fácil ter um relacionamento superficial. Eu desde o show do Deftones tive 3. Três, e nenhum deles me trouxe nenhuma bagagem muito especial, só o último, e ainda um pouco apenas. Mas é aquela velha história : não vai dar em nada, é superficial, ela volta pra casa, acabou, passou, passei.

Agora um romance, uma vida que passou por você...por mais que doa na hora...depois vira história, vira conto..pode virar thriller, mas vira algo. Vira parte, experiência, conteúdo, "repertório" - como adoram dizer os publicitários star - , e essas coisas.

Vale a pena se arriscar nessa vida de incertezas. No mundo você pode comprar muitas coisas, menos o amor sincero de uma pessoa. E mesmo que grátis, é meio empenhoso de cuidar. Mas é bom.

Deus não criou o Homem pra ser só. Tá lá em Gênesis. A bagagem da vida é pesada, mas dá pra levar de 2. Ou se parar de ficar só focando no lado AMOR de romance e começar a olhar pro AMOR , inclusive RELACIONAMENTO de amigos, vc divide o peso entre muitos mais, e dói bem menos, e é bem mais interessante. Também, quando se está com o(a) alguém amado(a).

=]

Um comentário:

Victor disse...

Eterna poesia dessas almas sem par... Gostei dos posts... Meio Girly esses ultimos (o da Bic e o teu reply), mas vou ler mais... 4 blogs não é fácil... hahahaha... Grande abraço ae curitóla!